Entrevista: A.I. e projetos de software

A Revista Mais TI, da LG Sistemas, publicou uma entrevista realizada comigo sobre a aplicação da Arquitetura de Informação aos projetos de software. Reproduzo um trechinho dela aqui.

LG: O que é Arquitetura da Informação (AI) e como surgiu?

Luiz Agner: Podemos definir Arquitetura de Informação como o design estrutural de grupos de informações relacionadas ou a arte e ciência de organizar e rotular sites, intranets, comunidades online e software para dar suporte, usabilidade e facilidade de obtenção de informações.

A expressão “Arquitetura de Informação” foi originalmente cunhada por Richard Saul Wurman para definir uma nova disciplina que tinha por objetivo tornar claro o que é complexo. O termo foi adaptado posteriormente por Louis Rosenfeld e Peter Morville, para definir uma estrutura de informação projetada com foco nas características e necessidades dos seus usuários.

AI refere-se à estrutura de organização de um site, especialmente como as suas diferentes páginas se relacionam entre si. É um novo campo do webdesign que difere do design ou programação visual pelo fato de focar na estrutura de informação e não na sua funcionalidade ou aspecto. Tem como objetivo a construção de sites e aplicações web fáceis de usar, que preencham as necessidades dos clientes e os objetivos dos usuários.

Para a leitura da entrevista completa, vá por aqui.

About Luiz Agner

Luiz Agner é designer, pesquisador e professor. É doutor em Design pela PUC-Rio, com tese defendida sobre Arquitetura de Informação e E-Gov, e integra o quadro de profissionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Também dá aulas na Escola de Comunicação Social da FACHA (RJ). É autor do livro “Ergodesign e Arquitetura de Informação - Trabalhando com o Usuário” (Quartet, 2009 - ISBN: 858569680X).

Comments are closed