E-Gov é um processo permanente

Uma recente pesquisa da ONU (UN Global e-Government Survey 2008) divulgou o ranking dos melhores governos eletrônicos do mundo:

1- Suécia
2 – Dinamarca
3 – Noruega
4 – EUA
5 – Países Baixos
6 – Coréia
7 – Canadá
8 – Austrália
9 – França
10 – Reino Unido

No cômputo geral, o Brasil caiu para 45. lugar. Um box especial do relatório da ONU destaca no Brasil a iniciativa “Fale com o Deputado”, no site da Câmara, além dos chats com os deputados. Isso é particularmente útil num país de grandes dimensões como o Brasil.

Segundo o blog Amable E-Gobierno, o mais importante seria a percepção dos encarregados de políticas de governo de que a web não é um meio a mais, mas uma vital interface entre o Estado e os seus cidadãos. E esta relação não é estática: os sítios precisam adaptar-se permanentemente às necessidades dos seus usuários. O Amable E-Gobierno é um blog em língua espanhola só sobre governo eletrônico, com sede em Santiago, Chile.

About Luiz Agner

Luiz Agner é designer, pesquisador e professor. É doutor em Design pela PUC-Rio, com tese defendida sobre Arquitetura de Informação e E-Gov, e integra o quadro de profissionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Também dá aulas na Escola de Comunicação Social da FACHA (RJ). É autor do livro “Ergodesign e Arquitetura de Informação - Trabalhando com o Usuário” (Quartet, 2009 - ISBN: 858569680X).

Comments are closed